• Deborah Dzialoschinsky

O método Lean Startup: desenvolvendo um produto para o sucesso


Na construção de qualquer negócio, o sucesso depende de múltiplos fatores. O mais importante, contudo, é o quanto o seu produto atende uma demanda no mercado. Nesse sentido, a Lean Startup é um método comprovado que pode te ajudar.

Startups são empreendimentos mais arriscados justamente porque não existem muitas experiências prévias para se basearem. Como são empreendimentos inovadores, se feitos do jeito errado, podem acabar falhando.

Nesse post, vamos explicar de forma resumida o funcionamento do método da Lean Startup.


Continue lendo se você quer lançar um produto de sucesso no mercado!


Por que Startups falham?

Antes de explicar o que é esse método inovador, é importante lembrar o porquê das startups falharem. Não precisa ser um gênio nessa hora, porque a resposta é muito simples.

Startups falham pelo mesmo motivo que qualquer empresa falha: seu serviço não atende o mercado na proporção que deveria. Por mais inovador que um produto ou aplicativo possa ser, é preciso saber: “as pessoas realmente precisam disso?”.

Se uma oferta não encontra demanda, nenhum negócio se sustenta. A metodologia que vamos explicar aqui foca em reverter esse quadro. Leia abaixo!


Lean Startup ou Startup Enxuta

O método da Lean Startup (ou a Startup Enxuta) é uma metodologia de desenvolvimento de produto e de negócios. É uma metodologia um tanto diferente daquela fórmula tradicional de montar um plano de negócios, prever fluxo de caixa para tantos anos, entre outros.

O foco desse método de crescimento de empresas está em ser enxuta (ou “seca”). Quer dizer, seu objetivo principal é cortar desperdícios e focar apenas no que é vital e que pode ajudar a trazer resultados (e rápido!).

Um dos pilares da Lean Startup é validação contínua ou aprendizado validado. Em outras palavras, ela prega mostrar ao mercado o produto ainda em estágios iniciais de desenvolvimento. Isso serve para testar a ideia original no mercado e se certificar que a oferta encontra a demanda.

Como mencionamos acima, a razão de um empreendimento ser mal sucedido é simplesmente não entregar o que as pessoas precisam ou querem. Validando o produto desde cedo, esse risco é reduzido.


Smart Work: Trabalhando de forma Inteligente

Essa ideia dá origem a um conceito muito importante em qualquer empreendimento dos dias de hoje, o Mínimo Produto Viável. Também chamado de MVP (pela sua sigla em inglês), essa versão do produto é o mínimo que sua empresa pode levar ao mercado para ser validada.

No fundo, o método ensina que o desenvolvimento da startup deve eliminar incertezas, trabalhando não de forma dura, mas inteligente. É o lema “work smarter, not harder”.

Trabalhar de modo inteligente é aprender sobre o mercado em cada passo do processo. No fim, é ter um plano flexível que pode se adaptar à medida que o mercado ensina.

A metodologia Lean Startup é muito mais do que o descrito aqui. Na sua forma completa, é uma verdadeira fórmula de sucesso para qualquer empreendimento no século XXI.

Para entender mais, recomendamos a leitura do livro A Startup Enxuta de Eric Ries. você também pode visitar a página oficial da Lean Startup.


3 views0 comments